RECEBA NOSSAS NOVIDADES

Assine agora para receber conteúdo de qualidade

Gama de Medeiros > Artigos > Notícias > Propaganda e David Ogilvy fundamentos essenciais

Propaganda e David Ogilvy fundamentos essenciais

Luiz Fernando Gama de MedeirosNotícias25 dez, 2017 01:51
Compartilhe nas suas redes sociais!

Propaganda e David Ogilvy

Se você pensar hoje em dia no termo propaganda, você precisa lembrar do Nome David Ogilvy!

Com o final do ano, especialmente o período de Natal até Carnaval propriamente dita, somos bombardeados pela famosa propaganda, que a publicidade tanto tem o papel de torná-la efetiva e persuasiva.

Mas a verdade é que a propaganda que hoje nos persegue, muitas vezes é frustrante, desaponta nossa atenção e de fato não estimula nossa vontade de comprar!

Contrariamente você certamente ja se sentiu vitima da propaganda perfeita, aquela que fala com você, parece te entender perfeitamente e faz você querer aquele produto, serviço imediatamente.

Isso é função de um bom copywriter (no brasil temos uma tradução próxima ao redator publicitário), e a técnica da escrita persuasiva (a copyriting, veja mais aqui sobre a história da copywriting).

Isso é o que separa ofertas que vencem todo dia, ou seja propaganda persuasiva e de alta conversão em vendas, das propagandas inúteis que desperdiçam as verbas de mídia e o tempo do consumidor!

Quem é David Ogilvy?

Propaganda e David Ogilvy

 

David Ogilvy, é um dos publicitários mais influentes que já tivemos notícias, sua agência conquistou o Mundo da Propaganda e Publicidade sendo imortalizado na Time Square Avenue nos anos 60.

Tendo feito a publicidade das maiores marcas que temos hoje notícia. Ogilvy é considerado uma das maiores referências em publicidade, escrita persuasiva e propaganda.

Ogilvy imortalizou no mundo Marketing e Publicidade, pensamentos que mostram como era perfeccionista e objetivo, o propósito de toda publicidade concentra-se na venda e uma oferta direta, como costuma dizer “Se não vende, não é criativo”

Confissões de um Publicitário

Ogilvy escreveu algumas obras enquanto estava vivo, mas seu Best Seller definitivamente foram, no Brasil traduzido assim, as “Confissões de um Publicitário”.

Você pode encontrar nas livrarias nacionais de sua preferência, como na livraria cultura, ou livraria saraiva, como exemplo.

Nesse Manual Ogilvy traz em sua experiência um verdadeiro norte a qualquer publicitário, ou estudioso de marketing de como gerir uma agência e noções dos tipos de anúncios para cada mídia a época.

Lembrando que apesar de ter escrito na época de 60, ainda com total aplicação aos dias de hoje

Lembra que a criatividade da publicidade e propagandas, devem concentrar na intenção de venda, de uma oferta direta ao consumidor, fazer o consumidor tomar uma ação, uma atitude,

Não deve haver espaços para ambiguidades ou segunda oportunidade, a oferta deve ser feito imediatamente.

 

Como Escrever Anúncios de que Vendem

Sabiamente nesse artigo em formato de cartas de vendas, uma oferta direta é feita!

Ogilvy ensina alguns segredos de anúncios persuasivos, mostrando vários erros a serem evitados, e no final ele afirma que existem muitos outros segredos.

E o final brilhante: S se você quiser a Agência Ogilvy e Mather poderá fazer para você: estratégia de 1960, plenamente aplicável aos dias de hoje!

Como Criar Anúncios que Vendem B2B

Propaganda

Igualmente nesse artigo em formato de cartas de vendas, uma oferta direta é feita!

Ogilvy ensina sobre posicionamento, na medida que deixa bem claro se dirigir a grandes indústria, ou seja o foco de sua agência, sabendo claramente como mostrar o que na época funcionava para esse tipo de cliente.

Atualmente seria o mesmo, que tratarmos de anúncios para o Mercado B2B.

E o final brilhante: S se você quiser a Agência Ogilvy e Mather poderá fazer para você: estratégia de 1960, plenamente aplicável aos dias de hoje!

Veja Algumas Idéias de Ogilvy

Veja algumas referência e citações feita por Ogilvy que nortearão seu posicionamento e a forma como criar suas campanhas, campanhas de clientes e ofertas diretas:

1 – Sua função é vender, não deixe que nada te distraia do único propósito da publicidade

Nesse caso é claro quando a mensagem publicitária ser objetiva e direta, sem ambiguidades, ou deixar azo a interpretações, a mensagem sobre o produto, serviço, benefícios não pode deixar dúvidas.

 

2 -“Defina claramente seu posicionamento: O que e para quem?

 

Quanto mais você conhece seu posicionamento, seu nicho de atuação, mais poderosa é a sua mensagem e foco, haja vista que você vai se comunicar, realmente para as pessoas interessadas na sua oferta, e conteúdo.

 

3 – “Faça sua tarefa. Estude detalhadamente o seu consumidor.”

Se na época de Ogilvy a pesquisa já era algo essencial a estratégia, hoje nem se fala.

Com as ferramentas digitais de alta precisão, você tem condições de aprofundar a pesquisa sobre seu público alvo, e refinar cada vez mais as informações sobre seu consumidor!

 

4 – “pense no consumidor como sua mulher, ela quer toda a informação que você pode dar”

Em outras palavras: respeito ao consumidor, não o trate com idiota, não venda o que você não compraria.

 

5 -“Fale com a linguagem que usam cotidianamente”.

Isso demonstra  conexão da comunicação e como a linguagem técnica afasta o ofertante de um produto ou serviço do seu público.

As descobertas de neuromarketing e as técnica de copywriting, comprovam que quanto mais “personalizado” for a comunicação, maiores são as chances de atenção e engajamento!

 

6 -““Escreva títulos excelentes e haverá investido corretamente 80% do seu dinheiro”.

Ou seja só reforça a importância das Headlines (titulo) e como você tem poucos segundos para ser persuasivo e captar atenção.

 

7 -“Destaque o produto convertendo-o em herói”.

Adaptado a compreensão de hoje, ele se referia a essência da oferta, e como o produto ou serviço eliminaria um problema do consumidor, e a ponte para o produto ser a “grande salvação”

Seriado Mad Men

Se você já viu a Série Mad Men, onde o personagem central Don Draper é um publicitário genial, mas com o lado pessoal em altos e baixos, entre infidelidade, segredos do passado, vícios e alcoolismo.

A esfera criativa da Agência e os conflitos de Don Draper são inspirados tanto nas confissões de um publicitário, como igualmente no próprio Ogilvy, que é citado ao longo das 7 temporadas da série, que se encontro no Netflix atualmente.

Conclusão

Atualmente falar em publicidade e propaganda, sem conhecer de copywriting (escrita persuasiva) é garantia de fracasso e perda de dinheiro em mídia e campanhas. E a origem de grande parte das campanhas de sucesso hoje em dia, foram trilhadas por David Ogilvy e referidas na sua Obra “Confissões de um Publicitário”, é leitura obrigatória para quem pretende aprender sobre uma propaganda persuasiva.

Não deixe de comentar, e recomende para seus amigos e amigas que acham que entendem de marketing, mas fazem propagandas sem êxito algum.

 

Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe o seu comentário!

comentários

Leave a reply



Av. Carlos Gomes, 1155 • Cjto 602
Bela Vista • Porto Alegre • RS
CEP: 90480-004

(51) 3330-3938

sac@gamademedeiros.com.br

Gama de Medeiros. Todos os direitos reservados © 2017