Notícias

CNH digital já está disponível no Rio Grande do Sul

Professor Gama
Escrito por Professor Gama em dezembro 26, 2017
CNH digital já está disponível no Rio Grande do Sul
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Documento digital poderá ser apresentado no lugar da carteira de papel. Saiba como fazer.

cnh digital
A versão digital já pode ser acessada pelas lojas virtuais onde está o aplicativo da CNH-e. Foto: Detran/RS

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) já possui formato digital e está acessível para os gaúchos. Segundo informações do Jornal do Comércio, a CNH digital, chamada de CNH-e, já pode ser baixada gratuitamente. Isso pode ser feito nas lojas virtuais Play Store e App Store.

O Rio Grande do Sul é um dos seis primeiros Estados do país com acesso ao documento eletrônico. A CNH-e poderá ser apresentada pelo motorista através do smartphone. Além de baixar o aplicativo CNH Digital, é preciso que o motorista cadastre o número de celular e endereço de e-mail na base de dados do Detran.

Caso não possua estes registros, a pessoa deverá ir a qualquer Centro de Formação de Condutores (CFC) e prestar as informações. Após a atualização dos dados, o interessado deverá finalizar seu cadastro no CNH-e pelo Portal de Serviços do Denatran.

CNH digital tem o mesmo valor jurídico do documento impresso

A CNH-e armazena todas as informações do documento impresso e tem o mesmo valor jurídico da carteira no papel. Para utilizar o serviço, é preciso ter a versão da CNH impressa emitida a partir de 2 de maio de 2017, que conta com um QR Code (código escaneável em aparelhos eletrônicos) na parte interna.

“A CNH Digital facilita, porque todo mundo tem consigo um smartphone”, afirmou o Chefe da Divisão de Habilitação do Detran-RS, Jonas Bays.

Outra vantagem para o motorista, é que a CNH-e pode ser acessada offline, sem a necessidade de conexão com a internet. Porém, não é possível acessar mais de uma CNH em um único dispositivo.

O condutor poderá dirigir portanto somente a CNH digital. A versão impressa continuará sendo emitida normalmente.

É importante que o motorista leve sempre a versão impressa ao dirigir. Quem não estiver com o documento e não puder mostrar a CNH-e por falta de bateria no celular, por exemplo, será autuado por conduzir veículo sem habilitação, sendo multado em R$ 88,38, além de perder três pontos na carteira.

Fonte: Detran/RS

Siga a gente no Facebook e Instagram e acompanhe todas as nossas novidades!

Deixe o seu comentário!

comentários

Advogado e Empresário. Diretor de Marketing da Agencia Professor Gama

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 127.133 pessoas