Desenvolvimento Pessoal

Coaching e a cultura coaching como sucesso da sua empresa

Andrea W
Escrito por Andrea W em agosto 14, 2019
Coaching e a cultura coaching como sucesso da sua empresa
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

 

coaching
coaching

 

 

Coaching o melhor investimento! Há tantos investimentos por aí que você pode fazer para colocar sua empresa num rápido crescimento para o sucesso – desde a adoção da mais sofisticada tecnologia, até a instalação em um local mais badalado,  e a parceria com líderes do setor.

Mas nem tudo que reluz é ouro. Talvez o investimento mais importante que você possa fazer seja aquele com o menor apelo: sua equipe. Nesse aspecto, uma cultura de coaching pode ser a melhor solução.

Com a economia em recuperação, um estudo recente da Future Workplace e da Kronos descobriu que 87% dos líderes empresariais de hoje entrevistados disseram que estavam fazendo da retenção de funcionários sua principal prioridade. Para muitos, isso se traduz em aumentar os salários, oferecer benefícios de trabalho atraentes e até mesmo contratar consultores para aprimorar a experiência do funcionário.

Mas, como líder de uma empresa em crescimento, você não precisa fazer tudo para manter seus funcionários felizes e engajados. Você só precisa investir em seu futuro promovendo uma cultura de coaching que traz aprendizado e progresso. Neste post vamos falar mais sobre isso! Vamos lá?

Colocando o coaching nas rodas de treinamento

Os primeiros estágios do crescimento do seu negócio geralmente são agitados, exaustivos e confusos. Tomar o tempo para treinar seus funcionários é um passo crucial para levar sua empresa ao próximo nível.

Isso não apenas demonstra o quanto os membros da equipe são valiosos para a sua organização, mas também dá a cada um deles um melhor senso de propósito e uma conexão mais forte com o grande quadro da empresa.

Por sua vez, os funcionários são inspirados a trabalhar mais para tornar a empresa um sucesso.

E treinar seus funcionários também os mantém mais engajados e satisfeitos com seu trabalho, reduzindo significativamente as taxas de rotatividade.

A IBM descobriu que, quando seus funcionários não tinham apoio de carreira e oportunidades de progresso, eles eram 12 vezes mais propensos a encontrar trabalho em outro lugar.

Por fim, investir em um programa de treinamento de funcionários ajuda a estabelecer um padrão de práticas e procedimentos.

Com um programa implementado, é mais fácil avaliar o desempenho dos funcionários, identificar pontos fracos e ajustar a experiência de suporte  – tudo isso ajuda a aumentar a produtividade e a satisfação do cliente.

E com base nas constatações da American Express de que 70% dos consumidores estão dispostos a pagar mais se uma empresa oferecer um atendimento estelar ao consumidor, todo o dinheiro gasto em treinamento deve produzir um retorno substancial sobre o investimento.

Como você pode ver, desenvolver uma cultura de aprendizado e coaching em sua organização é um investimento sólido tanto para os funcionários quanto para o futuro da sua empresa. Comece a implementar as alterações no seu negócio seguindo estas etapas:

1. Refocalize o processo de integração

Com muita frequência, as organizações vêem a integração como nada mais do que preencher papelada e inscrever-se em benefícios. Na realidade, o período de integração é sua primeira oportunidade de receber seus novos funcionários e garantir que eles estejam preparados e equipados para cumprir as obrigações de seu trabalho.

Com base em um estudo com mais de 260 funcionários novos, o periódico da Academy of Management constatou que o período tradicional de 90 dias de “estágio” deve ser usado como um momento para estabelecer um relacionamento com novos contratados.

O estudo da revista descobriu que, quando a equipe e os líderes de uma empresa proporcionavam amplo apoio aos novos funcionários, estes últimos tinham uma visão mais positiva de seus trabalhos e, por sua vez, trabalhavam com mais afinco.

Por outro lado, quando o apoio e a direção eram inexistentes, ocorria o oposto: os funcionários se arrastavam em seus papéis até que desistissem – no máximo quatro meses depois.

Durante o período de admissão de novos contratados, incentive os gerentes e colegas a incluírem, apoiarem e demonstrarem apreço pelos novos funcionários, para garantir que seu espírito e comprometimento permaneçam altos.

Esta também é a oportunidade perfeita para designar novos funcionários a mentores qualificados que possam responder perguntas, oferecer insight, proporcionar camaradagem e ensinar habilidades necessárias.

2. Estabeleça as bases para um programa de treinamento formal

Um programa de treinamento abrangente não é apenas um investimento em todos os seus funcionários em todos os níveis da organização, mas também um investimento na capacidade da sua empresa de atrair os melhores talentos.

Na PwC  35% dos entrevistados da geração millenial afirmaram que viram o treinamento e o desenvolvimento profissional como um dos benefícios mais desejáveis ​​que uma empresa pode oferecer aos candidatos.

Dito isso, consulte sua equipe para determinar quais áreas de tópicos seu programa de treinamento corporativo deve abranger. Comece concentrando-se em novas contratações, trace uma linha do tempo para se ramificar em outras áreas necessárias e periodicamente procure maneiras de modificar seus métodos de treinamento para atender às demandas de sua indústria em evolução.

Em algumas empresas, um dos principais valores é a melhoria contínua não só da tecnologia e software, mas também da equipe – incluindo os líderes. Levar a missão muito a sério e estar constantemente ajustando e melhorando os programas formais de treinamento internos para atender às demandas da indústria e dos negócios. Ao ampliar a oportunidade para os funcionários participarem de aulas, treinamentos formais em gestão e conferências, incentiva-se os funcionários a se esforçarem para promover suas metas de carreira, bem como seus objetivos pessoais.

3. Deixe seus funcionários ensinarem seus colegas

Uma vez que um programa preliminar de treinamento de funcionários esteja em curso, comece oferecendo oportunidades de educação contínua que mantenham toda a sua equipe atualizada sobre a mudança de protocolos, regulamentos e tecnologias. Você também pode considerar oferecer bolsas de estudo ou reembolso de mensalidades a funcionários que estejam promovendo sua educação ou obtendo certificações profissionais.

Em seguida, analise onde as táticas de baixo custo – como treinamento cruzado, coaching entre colegas e trabalho de acompanhamento – podem ajudar a melhorar o desempenho dos funcionários ou avançar em suas carreiras. 

Por fim, crie caminhos para os colaboradores ensinarem outras pessoas em sua organização. Dê aos influenciadores positivos em sua equipe oportunidades para orientar novas contratações, servir em comitês corporativos, supervisionar suas próprias equipes e até mesmo assumir a liderança em grandes projetos.

Quando os funcionários recebem oportunidades consistentes de crescimento e liderança, ficam mais satisfeitos com seu trabalho e comprometidos com sua organização. Portanto, se sua startup precisa de uma vantagem sobre a concorrência, comece a investir em uma cultura de coaching e tenha colaboradores muito mais engajados. 

O que achou do conteúdo? Comente!

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

Deixe o seu comentário!

comentários

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 127.133 pessoas