Notícias

Vigilância Sanitária determina retirada de fatiados dos hipermercados Zaffari

Professor Gama
Escrito por Professor Gama em setembro 1, 2017
Vigilância Sanitária determina retirada de fatiados dos hipermercados Zaffari
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O motivo é a suspeita de contaminação por uma bactéria em fiambres da marca Zaffari. Área de fatiados de duas unidades da rede Zaffari foram interditadas.

Zaffari
Área de fatiados de duas unidades da rede Zaffari foram interditadas até que o problema seja resolvido.

A vigilância sanitária de Porto Alegre determinou a retirada de fiambres fatiados dos hipermercados Zaffari nessa quinta-feira (31). A Secretaria Municipal da saúde emitiu uma nota explicando o ocorrido. O motivo é uma possível contaminação dos produtos pela bactéria Listeria monocytogenes, que pode causar danos à saúde dos consumidores.

Segundo a ZH, o problema foi identificado em uma amostra de 250g de queijo da marca Zaffari. A análise foi realizada em 17 de agosto e os resultados chegaram às duas secretarias na noite de quinta-feira (31). A Secretaria pede que a população evite consumir fatiados da marca Zaffari, caso já tenha comprado.

Conforme notícia no G1 RS, os produtos já foram retirados de comercialização. Enquanto a situação não é resolvida, a empresa decidiu interditar as áreas de fatiados de unidades da rede.

Segundo o Jornal do Comércio, foram interditadas a unidade de fatiamento da central da rede localizada no Bourbon da Assis Brasil e a fiambreria do Bourbon Ipiranga, zona leste da capital.

As secretarias de saúde de Porto Alegre e do Estado ainda fizeram outro alerta na nota. Diz o seguinte: “toda a população, em especial gestantes e imunodeprimidos, para não consumir produtos fatiados já comprados de fiambreria da marca Zaffari”.

Leia também: Demora no conserto: após 30 dias, consumidor tem direito a um novo produto

A rede Zaffari também se pronunciou

O Grupo Zaffari, uma das redes mais tradicionais do estado, também emitiu uma nota se pronunciando sobre o ocorrido. Veja a nota na íntegra:

A empresa informa que, no dia 17 de agosto, foram feitas coletas de amostras de produtos na unidade de fatiamento localizada no hipermercado Bourbon Assis Brasil, e no hipermercado Bourbon Ipiranga, cujos resultados de análise ainda não foram comunicados à empresa.

Desde então, preventivamente, foram intensificados os processos de higienização das áreas de produção daquelas unidades, mediante indícios de provável presença de bactéria.

No dia de hoje (31), o Serviço de Inspeção Municipal, por motivo de cautela, determinou a descontinuidade da produção da unidade de fatiamento do Bourbon Assis Brasil.

A empresa retirou os produtos que estavam disponíveis nas lojas abastecidas por ela (hipermercado Bourbon Assis Brasil e as lojas de pequeno porte de Porto Alegre), que a partir de amanhã passarão a atender os clientes com produtos fornecidos diretamente das indústrias.

Por iniciativa da empresa, a área de produção de fatiados do Bourbon Ipiranga teve sua produção descontinuada como medida preventiva. Isso enquanto aguarda o laudo oficial dos produtos coletados pela Vigilância Sanitária.”

Na manhã desta sexta-feira (1º), houve uma entrevista coletiva com  os secretários de Saúde do Estado e de Porto Alegre. Eles confirmaram que a bactéria foi encontrada nos produtos fatiados da marca Zaffari. De acordo com o secretário municipal Erno Harzheim, não há risco de epidemia e não há motivos para pânico. Ainda, segundo ele, todas as medidas de precaução foram tomadas.

Para acompanhar todas as nossas notícias e artigos, baixe agora o nosso aplicativo!

Deixe o seu comentário!

comentários

Advogado e Empresário. Diretor de Marketing da Agencia Professor Gama

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 127.133 pessoas