Greve dos Correios: confira como proceder com encomendas e contas atrasadas | Gama de Medeiros

Notícias

Greve dos Correios: confira como proceder com encomendas e contas atrasadas

Professor Gama
Escrito por Professor Gama em abril 27, 2017
Greve dos Correios: confira como proceder com encomendas e contas atrasadas
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Trabalhadores dos correios entraram em greve por tempo indeterminado. Saiba o que fazer com suas encomendas e contas.

Greve dos correios
Correios entraram em greve nessa quarta-feira (26).

Mais uma vez a greve dos Correios faz com que os consumidores já fiquem aflitos com os atrasos das entregas. A greve teve início nessa quarta-feira (26) e será por tempo indeterminado, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

Somente três estados não participam: Sergipe, Amapá e Roraima. De acordo com informações do G1, a greve dos correios é contra a privatização, demissões e retiradas de direitos. Outro fator é o fechamento de mais de duzentas agências no país.

“Além do fim das agências próprias dos Correios, com fortalecimento das franqueadas, o que esvazia os negócios da empresa para a iniciativa privada, a ECT implantou a entrega alternada em vários locais do país.

Assim, aprofunda a má qualidade na entrega de correspondências, retirando o direito do cliente de receber regularmente as encomendas”, diz a federação.

O que fazer com encomendas atrasadas pela greve?

Os consumidores devem ficar atentos nesse período em relação às encomendas, para não serem prejudicados pela greve. No caso de atrasos dos serviços de entrega como o Sedex, por exemplo, o consumidor poderá solicitar o ressarcimento do valor pago ou abatimento.

A solicitação deverá ser feita em um órgão de defesa do consumidor (Procon). Pode-se exigir também, indenização por eventual prejuízo financeiro e moral, no Juizado Especial Cível.

O consumidor também pode consultar a situação da entrega dos objetos postados através do site dos Correios. Se o objeto chegou à cidade do destinatário, é possível contatá-los para fazer a retirada da encomenda na Agência dos Correios.

Quanto ao envio de encomendas e correspondências com urgência, o consumidor deve procurar por serviços de entregas alternativos ou privados.

Nesse caso, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recomenda que, ao contratar o serviço, o consumidor solicite à empresa um registro por escrito do prazo de entrega. Assim poderá reclamar de eventuais prejuízos no caso de haver atrasos.

E o que fazer com as contas?

O consumidor deve entrar em contato com a empresa credora antes do vencimento da conta e solicitar outra opção de pagamento.

Assim, evita pagar juros por atraso, ficar com o nome sujo no mercado ou ter o serviço cancelado.

Os meios de pagamento online, como débito em conta, boletos por e-mail e até cartão de crédito, são facilitadores. Portanto, agilizam o processo em caso de greves e atrasos.

Não deixe de nos acompanhar também no Facebook!

Deixe o seu comentário!

comentários

Advogado e Empresário. Diretor de Marketing da Agencia Professor Gama

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *