6 novas ideias da psicologia para nos inspirar em 2021

Artigos

6 novas ideias da psicologia para nos inspirar em 2021

Andrea W
Escrito por Andrea W em janeiro 15, 2021
6 novas ideias da psicologia para nos inspirar em 2021
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

 

2020 foi um ano excepcionalmente estressante, para dizer o mínimo. 

Enquanto nos preparamos para outra viagem ao redor do sol, aqui estão seis percepções do mundo da psicologia para ajudá-lo a viver 2021 com um senso de energia renovado e um estado de espírito revigorado. Veja agora!

DICAS PARA COMEÇAR O ANO COM O PÉ DIREITO

1. VOCÊ NÃO ERA (NECESSARIAMENTE) MAIS FELIZ QUANDO ERA MAIS JOVEM 

O início de um novo ano pode evocar sentimentos de envelhecimento e perda. Mas há uma maneira fácil de reformular essa atitude negativa: suponha que você será mais feliz no próximo ano do que no anterior.

Na verdade, há uma boa quantidade de pesquisas científicas para comprovar isso. Recentemente, uma pesquisa publicada na revista  Social Psychology and Personality Science descobriu que o otimismo era o mais baixo na faixa dos 20 anos das pessoas, depois subia continuamente para os 30 e 40 anos, atingindo o pico nos 50 e diminuindo gradualmente depois disso. Especificamente, foi aos 55 anos que as pessoas experimentaram os mais altos níveis de otimismo.

Outro  estudo descobriu que a satisfação apresentou pequeno declínio ao longo da vida e, em alguns casos, aumentou. Por exemplo, os pesquisadores descobriram que no mundo Anglo (Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos), a satisfação com a vida tende a melhorar com a idade. Eles também descobriram que tanto o casamento quanto o emprego estão associados a níveis mais altos de satisfação com a vida ao longo dela.

2. QUANDO SE TRATAR DE RELACIONAMENTOS, O COMPROMISSO É A CHAVE

Todos nós já vimos relacionamentos bons e ruins. Talvez alguns de nós já tenham experimentado ambos.

Qual é a combinação mágica de fatores que faz um relacionamento florescer? Uma equipe de cientistas liderada por Samantha Joel, da Western University, no Canadá,  descobriu que as pessoas que mantinham uma crença inabalável de que seu parceiro estava comprometido com o relacionamento tinham maior probabilidade de relatar estar em um relacionamento próspero. Curiosamente, o compromisso é mais importante para a qualidade de um relacionamento do que a paixão, o apoio, o afeto e a frequência sexual.

3. É DA NATUREZA VER O MELHOR NAS PESSOAS 

A mente humana é incrivelmente boa em preencher as lacunas de percepção. É como percebemos o movimento de uma série de imagens em cascata e como vemos objetos tridimensionais em superfícies bidimensionais.

E quando se trata de avaliar a aparência física de outras pessoas? Um artigo recente na revista Nature sugere que nossas mentes erram instintivamente pelo lado da beleza. Uma equipe de psicólogos liderada por Diana Orghian, da Universidade de Lisboa, descobriu que fotografias incompletas foram consideradas significativamente mais atraentes do que fotografias completas.

“Na escassez de informações, as pessoas são positivamente tendenciosas ao julgar a atratividade facial dos outros” , dizem os autores. “Isso sugere que as pessoas preenchem as informações ausentes com inferências otimistas.”

4. NÃO SE LIMITE A DEFINIR METAS, MAS DEFINA METAS CERTAS

Os psicólogos dirão que há uma grande diferença entre definir metas e definir as metas certas. Como você sabe se está definindo as metas certas? Nova  pesquisa sugere que a seguinte escala pode ajudar.

Classifique, em uma escala de 1 (discordo totalmente) a 5 (concordo totalmente), quão bem cada um dos cinco motivos a seguir explica por que você deseja atingir os objetivos que deseja:

  1. Porque outra pessoa quer que eu faça, ou porque vou receber algo de alguém se o fizer;
  2. Porque eu me sentiria envergonhado se não o fizesse;
  3. Porque eu realmente acredito que é uma meta importante;
  4. Pela diversão e prazer que o objetivo me proporcionará;
  5. Porque representa quem eu sou e reflete o que mais valorizo ​​na vida.

Se você sentiu que as perguntas de 3 a 5 descreviam seus objetivos, é provável que esteja no caminho certo. 

Se você sentiu que as perguntas 1 e 2 se aplicam melhor à sua situação, então você pode querer mudar de curso. 

Isso ocorre porque os motivos 3 a 5 indicam que você está intrinsecamente e autocordantemente motivado para perseguir um objetivo, enquanto os motivos 1 e 2 apontam para motivação extrínseca ou não concordante.

“Quando as pessoas buscam objetivos alinhados com seus valores, talentos, interesses e necessidades subjacentes (ou seja, objetivos auto concordantes), é mais provável que alcancem seus objetivos”, afirmam os autores da pesquisa, liderados por Aidan Smyth, da Carleton University no Canadá. 

“Perseguir e atingir objetivos auto concordantes proporciona experiências de autonomia, competência e relacionamento, essenciais ao bem-estar. Por outro lado, perseguir metas não concordantes pode levar as pessoas a perder tempo e energia em metas que, mesmo se alcançadas, não beneficiarão seu bem-estar ou desenvolvimento ”.

5. SEJA ABERTO, SEJA POSITIVO, SEJA DIRETO

Existem centenas, senão milhares de características que os psicólogos usam para descrever a personalidade de alguém. Uma pessoa pode ser gentil, nervosa, modesta ou meticulosa. Alguém pode ser exigente, independente, vaidoso ou arriscado.

Quais características são mais prováveis ​​de serem encontradas em indivíduos psicologicamente “saudáveis”? Uma equipe de pesquisadores liderada por Weibke Bleidorn, da Universidade da Califórnia, Davis tentou responder a essa pergunta em um artigo recente  publicado no  Journal of Personality and Social Psychology.

Eles descobriram que altos níveis de abertura aos sentimentos, emoções positivas e franqueza eram os mais indicativos de uma personalidade saudável. Por outro lado, hostilidade, vulnerabilidade e ansiedade eram menos prováveis ​​de serem encontradas em indivíduos bem ajustados.

6. VOCÊ PODE SER CONSCIENTE E AMBICIOSO AO MESMO TEMPO

A plena atenção, ou a capacidade de existir no momento presente de uma forma sustentada e sem julgamentos, demonstrou ter vários benefícios à saúde. Indivíduos conscientes apresentam níveis reduzidos de estresse, têm melhor foco e são menos reativos emocionalmente.

Mas o que significa ser uma pessoa consciente? Nova  pesquisa na revista Consulting Psychology descobriu que personalidades ambiciosas – isto é, pessoas que são socialmente autoconfiantes, competitivas, líderes e enérgicas – tendem a ser mais conscientes.

Embora isso possa parecer contra-intuitivo, os pesquisadores oferecem uma boa explicação para isso. Eles teorizam que indivíduos ambiciosos aprenderam a ser eficazes em equilibrar sua atenção e consciência para atingir seus objetivos. Em outras palavras, o foco mental necessário para ser uma pessoa ambiciosa se traduz em muitas das mesmas qualidades associadas à atenção plena. 

 

Além disso, os pesquisadores têm uma visão positiva da ambição. Eles escrevem, “Comportamentos relevantes para ambição e atenção são frequentemente descritos positivamente – estar” na zona “,” como o zen “e, geralmente, estar atento e consciente.”

Conclusão: a pesquisa psicológica está repleta de sabedoria que pode ajudá-lo a viver uma vida mais feliz. Este ano, tente:

  • Lembre-se de que as coisas vão melhorar com o tempo;
  • Fique comprometido com os relacionamentos que você mais valoriza;
  • Tente ver o melhor nas pessoas;
  • Estabeleça metas que reflitam quem você é como pessoa;
  • Seja aberto, positivo e direto;
  • Seja cuidadoso e ambicioso.

Quem sabe quais novas portas podem se abrir se você fizer isso?? 

Deixe o seu comentário!

comentários

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *