5 maneiras de lidar com o desemprego repentino e não se desesperar

Artigos

5 maneiras de lidar com o desemprego repentino e não se desesperar

Andrea W
Escrito por Andrea W em julho 1, 2020
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Uma segunda onda de desemprego está acontecendo.

Há uma previsão que isso afete novos milhões de trabalhadores.

Enquanto a primeira onda, durante fevereiro e março, impactou mais trabalhadores da linha de frente, a segunda onda deve impactar mais trabalhadores gerenciais e de supervisão.

Embora a primeira onda de cortes de empregos tenha impactado os trabalhadores das áreas do turismo, varejo e restaurantes, a segunda onda incluirá pessoas que trabalham em finanças e marketing baseados em ciências.

Pessoas que pensavam ter segurança no trabalho, mesmo através do Covid-19, estão subitamente descobrindo que a segurança era um mito.  

O que você faz quando seu mundo acaba de virar de cabeça para baixo?

Como você pode encontrar algum conforto quando parece que sua fonte de estabilidade se foi? 

Saiba como manter uma boa saúde mental, mesmo quando as coisas estão ficando difíceis. 

DESEMPREGO: VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO 

Mais de 960 mil pedidos de seguro desemprego foram apresentados em maio.

Se não houvesse uma pandemia, você provavelmente encontraria outras pessoas que perderam o emprego.

Há uma sensação de “universalidade” quando você percebe que outras pessoas estão passando pela mesma coisa. 

Você se sente menos sozinho.

Um grande número de pessoas ainda fica em casa devido ao Covid-19, então é menos provável que você encontre um amigo no supermercado que também perdeu o emprego. 

Você pode parecer ainda mais isolado quando não tem acesso a pessoas na mesma situação.

Mas saiba que tem muitas outras pessoas que estão na mesma situação que você. Eles se sentiam bastante estáveis ​​em seus empregos, e agora isso se foi. Há conforto em saber que você não está sozinho. 

CRIE UMA REDE DE SUPORTE

Como o contato pessoal não é tão provável no momento, procure maneiras virtuais de se conectar com outras pessoas que perderam o emprego e também recursos de possíveis empregos.

Existem muitos grupos nas redes sociais com moderadores, e os participantes discutem como estão se sentindo e também podem pedir conselhos.

Busque grupos em sua comunidade para pessoas que estão na mesma situação que você.

Se ainda não houver um grupo, inicie um. Entre em contato com as pessoas no LinkedIn e informe que você está desempregado.

Embora possa parecer desconfortável, quanto mais pessoas souberem que você está procurando trabalho, será mais possível você encontrar ouvir sobre os empregos disponíveis. Lembre-se, você não está sozinho. 

DÊ A SI MESMO UM TEMPO 

Você pode estar pensando: “Não tenho tempo. Tenho pessoas que preciso apoiar”.

Dar-se tempo para processar o que aconteceu não é a mesma coisa que fazer uma pausa em uma busca de emprego.

(Se você pode se dar ao luxo de tirar uma folga, isso vai te ajudar.) 

Dar-se algum tempo é passar um momento de luto pelo que acabou de vivenciar.

Não apenas estamos enfrentando uma pandemia, mas você perdeu uma parte de sua vida que o definia.

Um trabalho é mais do que um salário – é como nos identificamos e como obtemos, pelo menos em parte, um senso de significado. 

Reserve um tempo para se sentir zangado, decepcionado, frustrado, triste e até em pânico.

Quando tentamos bloquear sentimentos desagradáveis, eles tendem a voltar com maior força – e isso pode afetar a maneira como você interage com seus entes queridos e como você vai encarar as entrevistas.

Sinta o que você precisa sentir. E lembre-se, os sentimentos são temporários.  

DESCANSE  

Experimentar insônia é comum quando você perde o emprego.

Você já deve ter experimentado ansiedade devido à pandemia e ao antecipar uma possível perda de emprego.

Agora dobrou. Quando não dormimos o suficiente, isso pode tornar a tomada de decisão e o pensamento claro muito difíceis. 

Tente manter-se em um horário regular de sono – levante-se à mesma hora todas as manhãs e vá dormir à mesma hora todas as noites.

Desligue os aparelhos eletrônicos uma hora antes de dormir e participe de uma atividade relaxante. 

Se você tentou manter bons hábitos de sono e ainda está tendo dificuldades para dormir, consulte seu médico. 

Um medicamento pode, pelo menos, ajudá-lo a superar as dificuldades iniciais com o sono.

Considere começar a meditar. Verificou-se que diminui o estresse e aumenta a auto-compaixão.

E você não precisa de nenhum equipamento especial para fazer isso. 

MANTENHA UMA ROTINA

Quando você está sem trabalho, a estrutura do seu dia se acaba.

Contamos a passagem do tempo pela nossa programação.

Com o tempo não estruturado, você pode sentir como se estivesse flutuando sem rumo. 

É hora de definir sua própria rotina. Todas as manhãs, saía da cama, tome um banho e vista-se.

Basta fazer isso e você já terá um bom começo de dia. Bloqueie os horários da sua agenda para procura de emprego, refeições e exercícios. 

Exercício é especialmente importante agora, devido aos benefícios positivos para sua saúde física e emocional, incluindo o fortalecimento do sistema imunológico e o aumento da dopamina no cérebro.

Quanto mais você mantiver alguma rotina no seu dia, melhor. 

Então, comece já!

Deixe o seu comentário!

comentários

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *