Relacionamentos à distância podem dar certo e prosperar?

Desenvolvimento Pessoal

Relacionamentos à distância podem dar certo e prosperar?

Andrea W
Escrito por Andrea W em fevereiro 4, 2020
Relacionamentos à distância podem dar certo e prosperar?
Junte-se a mais de 127.133 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Em um mundo cada vez mais móvel e conectado, temos oportunidades de conhecer e aprender com pessoas de todo o mundo.

E com essas oportunidades surgem mais chances de encontrar amor, às vezes a milhares de quilômetros de distância de casa.

Os relacionamentos de longa distância costumavam ser uma anomalia. Um membro teria que se mudar para estudos, trabalho ou serviço militar, e o relacionamento tem que se adaptar a essa mudança. 

Mas hoje em dia também podemos nos apaixonar à distância – com a Internet, é mais fácil do que nunca estabelecer relacionamentos, românticos ou outros, mesmo antes de ver a outra pessoa “na vida real”.

Que desafios esses relacionamentos atípicos não têm?

Como as pessoas nesse relacionamento podem garantir o sucesso? Vamos explorar essas perguntas neste artigo.

DESAFIOS PARTICULARES DOS RELACIONAMENTOS À DISTÂNCIA

Embora todo relacionamento romântico tenha desafios, os estudos mostram que os relacionamentos de longa distância têm um conjunto de questões em potencial que são particulares à distância geográfica entre os membros. 

Os desafios podem incluir:

  • Esforço financeiro relacionado a viagens;
  • Limites de negociação entre amigos locais e o parceiro à distância;
  • Expectativas elevadas em relação às reuniões presenciais, dado o quão pouco frequentes e curtas elas são;
  • Problemas em ter uma visão realista do estado do relacionamento;
  • Ter emoções mais extremas relacionadas ao relacionamento.

A tensão financeira é um fator óbvio que todas as pessoas em um relacionamento de longa distância experimentam.

Seja o alto custo de combustível para dirigir centenas de quilômetros ou o tempo e o comprometimento financeiro das viagens frequentes de avião.

Os casais precisam fazer um orçamento para os custos de viagem, assim como outros custos, como hipotecas, alimentos e roupas.

A negociação de limites é um elemento mais complicado de gerenciar.

As pessoas em relacionamentos de longa distância podem desenvolver ciúmes dos amigos locais de seus parceiros, muitas vezes reclamando que passam “muito tempo” com eles.
Também existe o risco de seu parceiro desenvolver um relacionamento íntimo ou se apaixonar por outra pessoa enquanto você estiver ausente.

Estabelecer limites claros, ser honesto e entender que as pessoas precisam de interações sociais face a face demorará muito para neutralizar esses problemas em potencial.

EXPECTATIVAS VS REALIDADE

Quando passamos um tempo com nosso parceiro todos os dias, ou pelo menos regularmente, as interações contêm muitas coisas mundanas.

Todos os dias, como ficar doente, fazer compras, limpar os dentes ou simplesmente ficar exausto diante da TV. 

No entanto, nos relacionamentos a distância, as expectativas de que as reuniões presenciais serão mágicas, cheias de sexo incrível e românticas, muitas vezes atingem o muro de, bem, como a vida realmente funciona. 

Essas altas expectativas geralmente deixam os parceiros desapontados e ressentidos pelo tempo que passaram juntos, pois não era “como o que eles imaginavam”.

Também é muito fácil descartar ou ignorar problemas crescentes de relacionamento por causa da distância.

Atribuímos isso ao estresse, à própria distância, à falta um do outro, em vez do comportamento real de desengajamento. 

É mais difícil avaliar se nosso parceiro está realmente comprometido com o relacionamento, porque não vemos o comportamento deles diariamente.

Por fim, pesquisas demonstraram que sentimentos de excitação, ciúme, amor e raiva tendem a ser mais extremos nas pessoas em relacionamentos a distância. 

DECISÕES EMOCIONAIS ESTIMULADAS

Isso significa o potencial de decisões emocionalmente estimuladas, de brigas desnecessárias e de profunda decepção, conforme discutido acima.

COMO GARANTIR O SUCESSO DOS RELACIONAMENTOS À DISTÂNCIA

Após esses desafios, parece quase impossível ser feliz nesse tipo de relacionamento.

Mas isso está longe de ser o caso.

Sim, têm desafios e dificuldades que não surgem em relacionamentos geograficamente próximos, mas isso não significa que eles não podem ser trabalhados.

Estudos revelam que as pessoas nesses relacionamentos têm níveis iguais ou superiores de satisfação, comunicação forte e intimidade.

DO QUE ELE DEPENDE, ENTÃO?

Pesquisas que analisam se a atitude afetou a probabilidade de sobrevivência mostra que aqueles com perspectivas positivas obtiveram uma pontuação mais alta que podem prever a probabilidade de sobrevivência de um relacionamento.

O que isto significa? Isso significa que manter sentimentos e interações positivas e fazer com que os parceiros se sintam seguros e comprometidos era tão importante para os relacionamentos a longa distância quanto para os relacionamentos na mesma cidade.

Em outras palavras, o que você faz em um relacionamento geograficamente próximo também se aplica aos distantes.

Em termos de comunicação, vídeo ou telefone são melhores que emails e texto.

No entanto, o contato pessoal foi especialmente importante e fez uma grande diferença para as pessoas nesse relacionamento.

Em outras palavras, eles funcionavam da mesma maneira que os relacionamentos na mesma cidade, desde que as duas pessoas se encontrassem pessoalmente pelo menos algumas vezes por ano.

Se você deseja manter um relacionamento a distância saudável, economize dinheiro para viajar e planeje se reunir regularmente.

Caso contrário, aplicam-se as mesmas regras gerais para os relacionamentos românticos: comunique-se abertamente, esclareça suas expectativas e necessidades, lute por intimidade e confiança e seja confiável.

É importante cumprir suas promessas e manter seus compromissos.

Se você planeja falar ao telefone uma vez por dia, por exemplo, considere isso uma parte essencial da manutenção de seu relacionamento.

Não é opcional ou “somente quando você tiver tempo”.

DICAS PARA UM CASAMENTO SAUDÁVEL DE LONGA DISTÂNCIA 

Os parceiros de longa distância ainda são pessoas.

A distância tende a torná-los menos “pessoais” para nós, mas mantendo linhas de comunicação frequentes e abertas e fomentando confiança e emoções positivas, é possível mesmo a longo prazo.

De fato, como a pesquisa citada aqui sugere, os relacionamentos à distância 

funcionam praticamente da mesma forma que as relações geograficamente próximas.

Trate-os da mesma maneira e você poderá fazê-lo com que funcione.

Deixe o seu comentário!

comentários

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *